BLOG

O Caminho para Nuvens Privadas e TI Híbrida com Red Hat Cloud Infrastructure

Hoje começaremos uma série de artigos sobre implantação de nuvens privadas e TI híbrida no âmbito de modernas corporações do ponto de vista da indústria. Nesse artigo verificaremos o caso específico da adoção da infraestrutura de nuvem Red Hat (RHCI). De início faço referência à análise do Gartner (Vendor Rating: Red Hat, fevereiro de 2018) sobre a consolidação da empresa como líder no mercado para Linux, produtos de middleware, gerenciamento de operações e computação em nuvem, ganhando significativa tração em categorias de mercado nascentes, como automação de datacenters, containers e computação em nuvem híbrida. Sobre esse último aspecto vale a pena analisarmos melhor.

Como venho enfatizando sempre, o desafio primário de qualquer empresa hoje está relacionado à adoção de novas tecnologias, habilitadoras do novo modelo concorrencial. A maior parte delas não pode iniciar mudando tudo, em função dos investimentos necessários e da confiança na infraestrutura existente e nas aplicações tradicionais. Então, enquanto há alternativas para adoção de plataformas de computação em nuvem, há evolução nos ativos existentes.

Paralelamente, a plataforma OpenStack surgida em 2010 vem ganhando crescente interesse da comunidade e da indústria pelo modelo de desenvolvimento, baseado em código aberto e pela arquitetura extremamente versátil, tornando-se um padrão de computação em nuvem robusto, estável e maduro. Ocorre que enquanto oferece uma arquitetura adequada para aplicações nativas de nuvem, tem adicionado muitas capacidades para acomodar aplicações tradicionais. Observa-se ainda que como se trata de um padrão aberto e fortemente adotado pela indústria, permite uma estratégia multicloud mais segura e gerenciável.

Atenta a esses dois movimentos, a Red Hat desenvolveu uma solução flexível e integrada que ajuda as organizações a adotarem uma infraestrutura para workloads tradicionais e para aqueles relacionados às plataformas baseadas em nuvem. A infraestrutura de nuvem Red Hat (RHCI) fornece uma plataforma de virtualização de datacenters para aplicações tradicionais e o OpenStack para aplicações de nuvem da próxima geração, bem como gerenciamento para ambientes híbridos que incorporem elementos on-premises e em multicloud. Nesse sentido, apresenta-se como um exemplo notório de plataforma que pode ajudar as empresas a fazerem a migração de forma segura e confiável.

A solução RHCI inclui duas plataformas centrais: a Red Hat Virtualization (RHV) para virtualização tradicional e a Red Hat OpenStack Platform (RHOSP) para adoção de nuvem privada. O RHV consiste do hypervisor KVM e mais uma console de gerenciamento de virtualização tradicional, lembrando que o KVM é parte do kernel do Linux o que dá alguma vantagem no uso dos recursos do sistema operacional. Já o RHOSP, é a versão comercial do OpenStack, com todas as características dos modelos de licenciamento que tornaram a Red Hat líder de mercado.

Autor: Oscar Sarquis

Compartilhe nas Redes Sociais

Outros Artigos

Nuvem

CE | RN | PE | SE | BA | MG | SP - Telefone: (85) 3119.5969

Golden Technologia © 2018 - Todos os direitos reservados.
Termos de Uso | Política de Privacidade

Nunan